Parte alta do Parque Nacional – Travessão

Travessão

Trata-se justamente de uma “travessia”, um colo entre dois vales que permitia a passagem de pessoas a animais de carga no alto das montanhas. O travessão divide as águas da bacia do rio Doce, e da bacia do Rio São Francisco. O que atrai são os paredões abruptos e dourados que ladeiam os vales destes rios. No caminho, atravessa-se a típica vegetação de campos rupestres, com sempre-vivas, canelas de ema, orquídeas e extensos campos de gramíneas.

 

Saídas diárias – Saída garantida com mínimo de 02 pessoas.

Horário de saída: 09:00 – Pousada na Serra do Cipó

Caminhada pesada: 18 km (total)

Duração: 08 horas

Nível de preparação: 

Inclui: Entrada, transporte e guiamento

O que levar: Roupas leves, roupa de banho, toalha, tênis/botas, boné, máquina fotográfica, protetor solar, óculos escuros, repelente.

Alimentação: sanduíches naturais, frutas desidratadas, cereais, castanhas, biscoitos, água, bebidas isotônicas, produtos energéticos.

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *